Oncologia

Fufarme/Famerp/HB ONCO lançarão campanha "Dezembro Laranja" neste sábado no Plaza Avenida



A cada ano, no Brasil, são registrados cerca de 185 mil novos casos de câncer de pele. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de tumor responde por 33% de todos os diagnósticos da doença no Brasil. Para alertar a população e conscientizar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce a Fufarme, Famerp e HB ONCO lançarão neste sábado, dia 11, a campanha "Dezembro Laranja - Prevenir é um ato de amor! ".

Durante a ação, profissionais do HB Onco e alunos de medicina da Liga da Dermatologia da Famerp prestarão orientações à população, de forma gratuita. O médico oncologista Dr. Daniel Vilarim Araújo destaca a importância da ação "Conhecimento faz bem à saúde e é a melhor arma para o combate ao câncer. O diagnóstico precoce é fundamental para a maioria das doenças, inclusive o câncer. Vivemos em uma região de alta incidência solar, onde faz-se fundamental conhecer métodos de fotoproteção e identificar precocemente as lesões suspeitas".

Qualquer pessoa pode desenvolver o câncer de pele, mas aquelas com pele muito clara, albinas, com vitiligo ou em tratamento com imunossupressores, são mais sensíveis ao sol. O câncer de pele é mais comum em pessoas com mais de 40 anos.

Apesar desse índice, a média da idade vem diminuindo com o passar dos anos, tendo em vista que pessoas jovens têm se exposto constantemente aos raios solares. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que o câncer de pele corresponde a 33% de todos os cânceres. No Brasil, todos os anos são registrados quase 170 mil novos casos.

Embora o filtro solar seja necessário durante todo o ano, é neste período de dias mais ensolarados que a sua utilização passa a ser fundamental para a prevenção. O protetor solar é um importante fator de prevenção do câncer de pele, pois protege dos raios ultravioleta. A aplicação deve ser feita meia hora antes da exposição ao sol e a reaplicação a cada duas horas.

Além do protetor solar, é recomendado evitar exposição prolongada ao sol entre as 10h e 16h. Usar óculos escuros que contenham proteção contra raios UVA/UVB e também reforçar a proteção da pele com o uso de bonés e chapéus.

Saiba quais os tipos mais comuns de câncer

Carcinoma basocelular - Lesão de crescimento lento, na camada mais superficial da nossa pele. É o mais frequente e o que tem maior índice de cura.
Carcinoma espinocelular - Segundo tipo mais comum. É mais agressivo que o carcinoma basocelular, pois pode gerar metástases, atingindo outros órgãos.Melanoma - É o menos incidente, mas o mais grave, pois pode provocar metástases. Ele tem origem nos melanócitos, que são células produtoras de melanina, a substância que confere a pigmentação da nossa pele.


Serviço:

Campanha "Dezembro Laranja - Prevenir é um ato de amor! "
Plaza Avenida Shopping
11 de dezembro das 13h às 18h


Facebook